Animais de Companhia

Obesidade em animais de companhia em rota de crescimento

Os últimos dados da Associação de Fabricantes de Comida de Animais de Companhia (PFMA), do Reino Unido, revelam que a obesidade em animais de companhia está em crescimento. De acordo com a associação, 51% dos cães, 44% dos gatos e 29% dos pequenos mamíferos sofrem de obesidade ou excesso de peso.

A associação britânica revela, no entanto, que apesar de todos os médicos veterinários inquiridos estarem preocupados com o aumento da incidência de obesidade entre animais de companhia, 68% dos tutores acreditam que os seus animais têm o peso ideal, com 67% a reconhecer que não estão sequer preocupados com a obesidade dos seus animais.

Além disso, a associação sublinha que o aumento da obesidade animal nos últimos cinco anos “é preocupante” e que, só no Reino Unido, existem 600 mil animais de companhia obesos ou com excesso de peso.

Os dados mostram, ainda, que 98% dos médicos veterinários acreditam que uma alimentação excessiva é o que mais contribui para a obesidade dos animais de companhia, uma perceção que não é partilhada pelos tutores, com apenas 41% a indicar que pensa da mesma forma.