Animais de Companhia

Brexit leva tutores de animais a procurar aconselhamento sobre viagens

Brexit leva tutores de animais a procurar aconselhamento sobre viagens

Os pedidos de informação sobre viagens com animais de companhia estão em crescimento no Reino Unido. De acordo com a British Veterinary Association (BVA), a incerteza à volta da saída do Reino Unido da União Europeia está a deixar os tutores de animais de companhia preocupados.

A associação revela que oito em cada dez veterinários de animais de companhia (85%) já foram questionados sobre viagens. 74% dos médicos veterinários revelam ainda que as questões sobre viagens com animais têm vindo a aumentar desde novembro, com 40% a referir que houve um “aumento significativo”.

48% dos médicos veterinários revelam ter sido capazes de responder à maioria das questões dos tutores de animais, contudo, alguns reportam ter tido dificuldade em responder a algumas questões relacionadas com o Brexit e as suas consequências.

Simon Doherty, presidente da BVA, sublinha que “é compreensível que a incerteza à volta do Brexit e as mudanças esperadas nos requisitos para viajar com animais estejam a causar ansiedade e frustração junto dos tutores de animais de companhia e a levar a muitas questões (…) Reiteramos que os tutores devem discutir os seus planos de viagem com os seus médicos veterinários para evitar problemas e para garantir que os testes necessários são todos feitos no tempo necessário”.