Médicos veterinários

Mais de cem cavalos apreendidos no Alentejo

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu mais de cem cavalos na semana passada em Aljustrel e Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, anunciou a GNR em comunicado na passada sexta-feira (8 de novembro).

As apreensões foram realizadas pelo Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Aljustrel, na sequência de uma denúncia para a linha SOS Ambiente e Território. Foram recolhidos 104 equídeos durante uma fiscalização a duas explorações pecuárias por falta de identificação e de condições de salubridade, tendo sido fiscalizados 115 cavalos no total.

“No seguimento da fiscalização foi ainda detetada uma infração por falta de registo de exploração pecuária e levantados os autos de contraordenação por falta de identificação de equídeos e de bem-estar animal, punidos com coimas cujo valor máximo pode atingir os 3750 euros”, adiantou a GNR em comunicado.

A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária do Alentejo, a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo e os médicos veterinários municipais de Aljustrel e Ferreira do Alentejo também colaboraram na ação.