Vetbizz 2018

Vetbizz: como vai evoluir o setor, dos negócios à gestão da felicidade dos colaboradores

Vetbizz: como vai evoluir o setor, dos negócios à gestão da felicidade dos colaboradores

Aproxima-se mais uma edição do Vetbizz, o evento de gestão para médicos veterinários que este ano vai ter lugar no próximo dia 10 de outubro no Olissippo Oriente, em Lisboa, e que este ano vai centrar atenções nos novos desafios que se colocam à profissão.

Diretamente do outro lado do Atlântico, o médico veterinário Sérgio Lobato vai revelar a sua visão prática sobre os estilos de mudança na gestão veterinária. Será que as estratégias de fidelização ajudam o negócio? Para Sérgio Lobato “a fidelização é um status de relacionamento e não uma condição eterna, por isso devemos aprender a dosear os momentos de contacto nas propostas dos centros. Se não aprendermos os limites vamos tornar-nos chatos com o cliente e ainda por cima vamos perder preciosos recursos na estratégia errada”.

E para que serve a gestão técnica e a organização dos bastidores da clínica? “Vamos comparar a uma festa de Natal que organizamos em nossas casas, convidamos amigos e familiares, chegam os avós, os tios, os miúdos com sua energia e… Não há comida para todos, não estamos com a casa limpa e perfumada, não temos bebidas que cheguem e o aquecimento não funciona. A família certamente não se sentirá confortável e você será alvo de críticas por muito tempo no círculo familiar. Assim é a Gestão Técnica. É a atuação do Gestor em ações que não transparecem, mas que são fundamentais para que o ato médico veterinário aconteça em bases mínimas e haja o momento de encantamento do cliente”.

VET Experiences

A parte da manhã inclui ainda a análise de vários modelos de negócio onde médicos veterinários revelam na primeira pessoa como construíram o seu próprio negócio do zero. É o caso de Rui Carvalho, do Hospital Veterinário de Santa Marinha, que vai relatar a evolução do hospital que é hoje uma referência em Vila Nova de Gaia e que abriu recentemente o Pet Hotel de Vila Nova de Gaia, com um investimento acima dos 300 mil euros.

Já Ana Cardoso, diretora comercial da ZU e Carlos Sousa, Sonae Strategic Adviser for Veterinary and Pet Care, vão revelar qual a Importância dos Médicos Veterinários no Modelo de Negócio da ZU.

E será que os hotéis para animais são uma tendência que veio para ficar? Esta pode ser uma das questões a abordar na palestra de Dilen Ratanji, que este ano se propõe a analisar, em tempo real e com a ajuda da assistência, quais as principais tendências na medicina veterinária que vão marcar o setor para os próximos anos.

A parte da tarde vai ser marcada por palestras ligadas à gestão da felicidade dos colaboradores. Será que as empresas podem contribuir para a felicidade dos colaboradores e evitar situações de burnout, que tanto têm afetado os médicos veterinários?

Para descobrir aqui.