Animais de Companhia

Inglaterra avança com a proibição de coleiras de choque

Inglaterra avança com a proibição de coleiras de choque

O Governo inglês decidiu avançar com a proibição das coleiras de choque para cães e gatos no país. A notícia foi avançada pelo Secretário de Estado do Ambiente inglês, Michael Gove, e já mereceu o apoio de organizações como a British Small Animal Veterinary Association (BSAVA), que considera este método de treino “repugnante”.

Philip Lhermette, presidente da BSAVA, diz em comunicado que “a BSAVA apoia há muito tempo a proibição das coleiras de choque para cães e gatos e está satisfeita por ver que a sua utilização se vai tornar ilegal. Está bem estabelecido que os reforços positivos são mais eficazes como método de treino do que as punições e as coleiras de choque podem ser utilizadas de forma deliberada como um instrumento de abuso, o que pode levar a problemas comportamentais no futuro”.

Com a aprovação desta lei, o Reino Unido passa a proibir a utilização de coleiras de choque nos Estados de Inglaterra, Escócia e País de Gales.