Ortopedia Veterinária

Veterinário português colabora com Massimo Petazzoni em livro sobre técnica TTTT

Veterinário português colabora com Massimo Petazzoni em livro sobre técnica TTTT

O médico veterinário português Jorge Leite, fundador da Bonematrix, foi o responsável pela tradução para português da obra ‘Tibial Tuberosity Transposition ToolTTTT℗ and Technique’, de Massimo Petazzoni, publicada na passada semana. A colaborarem desde 2014, os médicos veterinários preparam-se agora para escrever, em coautoria, uma segunda obra sobre Ortopedia Veterinária e para “desenhar uma nova geração da técnica TTTT”.

Em declarações à VETERINÁRIA ATUAL, Jorge Leite explica que o livro de Massimo Petazzoni agora publicado “descreve uma técnica cirúrgica que foi criada e apresentada à comunidade científica em 2014. A técnica chama-se TTTT, mas por uma questão de facilidade referimo-nos a ela como 4T, e é executada com um instrumento original desenhado pelo Massimo (…) Em 2015 surgiu a ideia de traduzir o livro original (inglês) para português, para assim poder fazer chegar todo este conhecimento à comunidade de língua portuguesa. Fazer uma tradução técnica desta natureza foi um desafio gigante. O livro é denso, carregado de nomes técnicos, muitos dos quais sem qualquer tradução literal na nossa língua (…) Que eu saiba deve ser o primeiro livro de Ortopedia Veterinária traduzido no nosso idioma”.

“O Massimo Petazzoni é talvez o especialista em diagnóstico e tratamento de deformidades angulares mais reputado da atualidade. É autor de imensos artigos e comunicações científicas ligadas ao tema das deformidades angulares e luxação de rótula e é um dos mais requisitados palestrantes internacionais”, acrescenta.

 

De acordo com Jorge Leite, quando a técnica TTTT foi apresentada em 2014, no Congresso Europeu em Veneza, “apenas três ou quatro cirurgiões no mundo, além de Massimo Petazzoni, estavam a testar a técnica TTTT nos primeiros casos clínicos reais. “Abordei o Massimo e disponibilizei-me para o ajudar a testar a técnica, uma vez que a mesma me parecia lógica. Percebi que ambos partilhávamos a mesma visão sobre a patologia e, como tal, eu identificava-me bastante com a solução por ele criada. Desde então tenho usado a sua técnica para tratar pacientes com luxação de rótula secundária a torção tibial até 20 graus.”

Segunda geração da técnica TTTT está a ser desenhada

Veterinário português colabora com Massimo Petazzoni em livro sobre técnica TTTT

A luxação de rótula “é a patologia articular mais comum no paciente canino”, explica o médico veterinário. “A técnica cirúrgica mais utilizada a nível mundial para o tratamento desta patologia é a Transposição de Tuberosidade Tibial. Esta técnica, descrita há décadas, é extremamente popular e não sofreu qualquer melhoria ao longo de todos estes anos. Aparentemente toda a comunidade científica estava confortável e satisfeita com a técnica TTT clássica. O Massimo Petazzoni entendeu que havia muito espaço ainda para melhorar a técnica clássica.”

“4 anos após a criação da TTTT entendemos que o conceito está validado e maduro, mas continuamos a acreditar que se pode melhorar”. A segunda geração da técnica está, assim, a ser desenhada, um processo no qual o médico veterinário português está envolvido como colaborador. “A patente da TTTT2 não será minha. Já o livro que será editado a descrever esta nova técnica, e que será a segunda edição deste livro, esse sim irá ter-me como coautor”, conclui.