Investigação

Cães de tutores permissivos com maior tendência para frustração

Os sinais de problemas relacionados com a separação podem variar de acordo com o estado interno que os desencadeia, como o medo e a ansiedade. De acordo com a publicação Argos Portal Veterinária, a conclusão consta de um estudo que revela ainda que os latidos frequentes durante a separação com os tutores podem indicar frustração em vez de medo.

No âmbito desta investigação, os investigadores partiram da teoria de que os tutores representam um recurso para os cães. Assim, colocaram a hipótese de que existe uma associação entre o comportamento permissivo e inconsciente do tutor e o reduzido limite de frustração do cão que, como consequência, demonstra sinais específicos de problemas relacionados com separação.

Esta hipótese revelou-se correta, de acordo com os autores do estudo, que indicam ainda os cães com maior tendência para apresentar comportamentos relacionados com frustração tendem a responder da mesma forma em situações semelhantes.

Conheça o estudo em detalhe aqui.