Animais de Companhia

Animais de companhia ajudam a superar confinamento

Animais de companhia ajudam a superar confinamento

Os animais de companhia têm ajudado alguns detentores a superar o confinamento. A maioria dos espanhóis (74%) que convivem com um animal de companhia asseguram que os animais têm sido uma ajuda durante este período de isolamento social, segundo um novo estudo da Fundação Affinity, elaborado em parceria com a Cátedra de Animais e Saúde da Fundação Affinity, do Departamento de Psiquiatria da Universidade Autónoma de Barcelona.

O estudo analisou os efeitos do confinamento no vínculo das pessoas e dos seus animais de companha e, em Espanha, metade dos lares convivem com um ou mais animais de companhia, que têm sido um grande apoio para as famílias.

Tanto tempo passado em casa reforça os laços entre os tutores e os seus animais, sendo que 36% dos espanhóis assumiram que este convívio contribuiu de uma forma positiva para o vínculo, reforçando-o.

Para 44% dos inquiridos, o seu animal de companhia teve um papel muito importante, ajudando a ultrapassar os momentos mais difíceis durante este período.

Isabel Buil, diretora da Fundação Affinity, citada pelo Portal Veterinária, afirma que “está cientificamente provado que a companhia de um animal melhora a qualidade de vida de todo o ser humano. Melhora a longevidade, preserva o equilíbrio físico e mental, facilita a recriação e reduz o stresse”