Quantcast
Animais Selvagens

Quase 90% das espécies animais deverão perder parte do seu habitat natural para a agricultura até 2050

Os cientistas anunciaram que a biodiversidade está a diminuir em todo o mundo, mas de forma menos universal e dramática do que era esperado. O cenário deverá, no entanto, piorar no futuro, com uma conjugação de perda de parte do habitat, alterações climáticas e sobre-exploração.

Um estudo publicado, recentemente, na revista científica Nature SustainabilityProactive conservation to prevent habitat losses to agricultural expansion – revela que se a agricultura não mudar a sua abordagem, a maioria dos animais terrestres deverá perder parte do seu habitat até 2050.

À medida que a população mundial aumenta e as pessoas consomem mais, cresce também a necessidade de cultivar novas terras agrícolas, resultando em “pelo menos 2 milhões de quilómetros quadrados de novas terras agrícolas até 2050, e talvez até 10 milhões”, avança o jornal The Conversation.

Os cientistas apelam, por isso, à implementação de medidas mais duradouras para evitar que este cenário aconteça.

“Políticas proativas que visam como, onde e quais os alimentos produzidos podem reduzir essas ameaças, com uma combinação de abordagens que potencialmente evitam quase todas essas perdas, enquanto contribuem para dietas humanas mais saudáveis”, defendem os investigadores.

De acordo com Michael Clark, um dos autores do estudo, a redução da procura por terras agrícolas poderá ajudar a preservar a biodiversidade. “Com uma ação rápida, ambiciosa e coordenada, podemos realmente fornecer uma dieta saudável e segura para a população mundial, e sem maiores perdas de habitats”, asseguram os especialistas.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?