Animais de Companhia

Câmara de Santo Tirso suspende veterinário municipal

Depois da morte de pelo menos 54 animais no último sábado, na sequência de um incêndio no abrigo ilegal “Cantinho das Quatro Patas”, o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, anunciou a suspensão do médico veterinário municipal, a quem atribuiu a responsabilidade da morte dos animais, bem como à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).
A informação foi avançada em conferência de imprensa nos Paços do Concelho, ontem à noite, enquanto no exterior era realizada uma vigília pelos animais vitimados pelo incêndio.
O autarca lamentou o sucedido e anunciou a instauração de um “processo disciplinar ao veterinário municipal com suspensão imediata de funções”, na segunda-feira, bem como de um “processo interno de averiguações”.
Na conferência, Alberto Costa mostrou-se ainda disponível para colaborar com o Ministério Público, reiterando  “não caber à autarquia fechar canis”.