Brucelose bovina com os valores mais baixos de sempre nos Açores

Brucelose bovina com os valores mais baixos de sempre nos Açores

A taxa de incidência da brucelose bovina nos Açores foi de 0,2%, no final de 2009, o que representa «o valor mais baixo de sempre na região», segundo o Governo Regional dos Açores.

De acordo com os dados divulgados, as ilhas de Santa Maria, Graciosa, Pico, Faial, Flores e Corvo detêm actualmente o estatuto de “oficialmente indemnes” a esta doença, atribuído pela Autoridade Veterinária Europeia.

O plano para erradicação implementado que consistiu na vacinação com a «Vacina RB51» e no recurso «a sistemas de geo-referenciação, que permitiram identificar correctamente a constituição parcelar de cada exploração, automatizar o processo de trabalho no terreno e orientar o escalonamento e as saídas das brigadas de sanidade animal para o campo».

O Governo avança ainda que «os excelentes resultados» na brucelose «beneficiam também a saúde pública regional e consolidam a confiança dos consumidores» pelas produções açorianas.