Hospitais sem verbas para pagar dívidas a fornecedores

Grande parte dos hospitais públicos está sem dinheiro para pagar as dívidas à Indústria Farmacêutica. As entidades hospitalares têm já 724 milhões de euros em dívida aos fornecedores, com o Hospital de Setúbal a liderar a tabela dos que mais atrasam o pagamento.

Segundo um relatório da Indústria Farmacêutica, assiste-se a uma tendência geral de incapacidade dos hospitais para pagarem as dívidas aos fornecedores, noticiou o “Diário Económico”.
Nos primeiros seis meses deste ano, a dívida aumentou mais de13%, sendo que, deste volume, aproximadamente 470 milhões de euros estão acumulados há mais de três meses.
Já as administrações hospitalares defendem que o problema não reside nas transferências do Orçamento de Estado, mas sim, nos atrasos de outros recebimentos provenientes de outros sistemas de saúde estatais ou privados.