Evento

Congresso Montenegro reuniu mais de 3000 pessoas

Nos dias 22 e 23 de fevereiro passaram pelo Europarque, de Santa Maria da Feira, mais de 3000 participantes que puderam participar nas sessões científicas que integraram o Congresso Veterinário Montenegro.

Já a Corrida do Veterinário reuniu 1200 participantes, o que veio “comprovar o crescimento da consciência social para a causa animal”, diz a organização.

Luís Montenegro, diretor clínico do Hospital de Referência Veterinária Montenegro, afirma que “fomos surpreendidos por uma adesão tão grande. Talvez porque a causa seja tão nobre, porque as pessoas têm cada vez mais consciência para os problemas da causa animal”.

O diretor clínico do Hospital de Referência Veterinária Montenegro refere ainda que “os veterinários fazem parte da sociedade e é seu papel sensibilizá-la para que o bem-estar animal seja cada vez mais assegurado. É nosso papel, como veterinários, continuar a divulgar, incentivar esta proteção do bem-estar animal”.

“Foi possível debater os temas mais recentes do campo da dermatologia, ouvir alguns dos maiores especialistas nesta área da medicina veterinária. Foram dois dias de troca de experiências e que se constituiu como uma mais-valia para os profissionais do setor que participaram no congresso”, sublinha ainda Luís Montenegro.

O congresso regressa em 2020, mas o tema, diz Luís Montenegro, ainda não está decidido. “Vamos reunir com os nossos parceiros, ouvir os especialistas, refletir e chegar a conclusões sobre o que fazer no próximo ano. Sem precipitações”, conclui.