China: Quatro ursos pandas nascem em cativeiro em menos de 24 horas

Quatro ursos panda nasceram, este fim-de-semana, em cativeiro num período inferior a 24 horas, um acontecimento sem precedentes na China, revelou ontem a agência noticiosa oficial daquele país.

No sábado à tarde, a ursa Qiyuan ("Sorte Mágica") deu à luz duas fêmeas, e, algumas horas depois, outra ursa, chamada Chenggong ("Êxito"), paria uma cria macho, no Centro de Investigação de Ursos Pandas de Chengdu (sudoeste do país).
O terceiro e último parto ocorreu, segundo o “Diário Digital”, na madrugada de ontem, quando a ursa Zhuzhu ("Pérola") deu à luz um macho de 186 gramas, a mais robusta das quatro crias.
A notícia constitui motivo de alegria para as áreas de criação de pandas em Chengdu e toda a província de Sichuan, uma área onde o sismo de 12 de Maio passado provocou graves danos na reserva natural de ursos pandas de Wolong, e a morte de um deles.
O urso panda, considerado um símbolo chinês, é um dos animais em maior perigo de extinção no planeta, devido a problemas de reprodução dos exemplares existentes, uma consequência da perda de habitat e endogamia.
Actualmente há 1.590 ursos panda em liberdade na China, nas províncias de Sichuan, Shaanxi e Gansu. O Centro de Investigação de Chengdu alberga 71.