Quantcast
Animais de Companhia

Estudo da RVC revela raças caninas mais afetadas por infeções de ouvidos

Os basset hounds, os shar-peis e os labradoodles lideram a lista de raças caninas mais suscetíveis a infeções de ouvidos, revela um novo estudo do Royal Veterinary College (RVC). Em notícia do seu site, a RVC revela que a investigação incluiu dados anonimizados de mais de 22 mil cães no Reino Unido, de forma a poder ajudar os titulares a encontrar os sinais.

Outras raças que também se encontram no top 5 são os beagles e os golden retrievers. Por sua vez os tipos de cães poodle e spaniel são os que possuem no geral maior risco deste tipo de infeção.  Os cães com orelhas compridas apresentaram um risco muito maior de infeção, assim como os de maior tamanho.

A investigação também mostrou que os cães com mais de um ano estão em maior risco de infeções de ouvidos em comparação com mais jovens. Além disso, um em cada 14 cães no Reino Unido (7,3%) sofreu de infeções de ouvido todos os anos.

“Os humanos inventaram raças de cães com todo o tipo de formas extremas do corpo há mais de cem anos. Mas só agora é que estamos a perceber o quanto estas formas corporais afetam a saúde destas raças”, considera o principal autor do estudo, Dan O’Neill.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?