Quantcast
Animais de Companhia

Junta de freguesia do Areeiro (Lisboa) reforça aposta no bem-estar animal e na biodiversidade local

A junta de freguesia do Areeiro apostou na criação de um Centro de Acolhimento Temporário para abrigar animais.

A junta de freguesia do Areeiro apostou na criação de um Centro de Acolhimento Temporário para abrigar animais que sejam recolhidos pelo Grupo de Voluntários para os Animais da Junta de Freguesia do Areeiro. Aliado a isso, instalou três “hotéis para insetos” de forma a promover a biodiversidade local.

Em comunicado, a junta de freguesia explica que o objetivo é criar um abrigo no qual os animais possam estar protegidos durante algum tempo, longe de perigos, em ambiente controlado e seguro, com acesso a comida e água, até poderem ser encaminhados para uma Família de Acolhimento Temporário, para adoção responsável ou para tratamento médico-veterinário. Já quanto aos “ninhos para insetos”, pretende-se criar espaços que, mediante o recurso a materiais naturais e alimento adequado, sirvam de locais seguros para a atração, fixação e natural desenvolvimento de colónias de insetos em meio urbano.

“O bem-estar e a proteção animal e o desenvolvimento de ações que visem promover a biodiversidade em contexto urbano são elementos fundamentais para a saúde dos espaços verdes da freguesia e para o desenvolvimento de uma sociedade em harmonia com o meio ambiente e em linha com as preocupações ambientais que estão no topo da agenda internacional”, conclui.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?