- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

“Let’s Talk About Pork From Europe” destaca igualdade de género na suinicultura

A iniciativa “Let’s Talk About Pork From Europe” [1], dedicada ao esclarecimento do modelo de produção europeu de carne de porco, afirma que na suinicultura [2] “as mulheres conquistaram um papel cada vez mais preponderante, destacando-se não só pelas suas capacidades técnicas como também por uma sensibilidade capaz de alcançar melhores desempenhos”.

Em comunicado, a iniciativa revela que “a mulher foi ganhando um lugar de maior relevância, sendo hoje atribuídos os principais cargos de chefia ao sexo feminino, fruto da sua formação superior, mas também das suas características de género”.

 

A iniciativa recorda que a evolução tecnológica levou a uma automatização das explorações “o que relegou a mulher para fora da produção suinícola, com a contratação quase exclusiva de homens”.

A “Let’s Talk About Pork From Europe” informa que a situação se alterou ao se verificar que a liderança feminina nas maternidades alcançava melhores desempenhos na produtividade (número de leitões desmamados por ano).

 

Outras das áreas em que aumentou o número de mulheres foram a medicina veterinária e a engenharia zootécnica.“Com o aumento de mulheres licenciadas em engenharia zootécnica e produção animal, a sua inserção nas explorações suinícolas foi crescendo, alcançando resultados de excelência, distinguindo-se inclusive da média masculina”, declara a iniciativa.

A “Let’s Talk About Pork From Europe”  define que “atualmente o homem é relegado para trabalhos pesados e secundários nas explorações suinícolas, como as lavagens e desinfeção de espaços, dando lugar à mulher nos cargos técnicos e de direção”.