- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

Erva-gateira e Actinidiapolygama podem proteger gatos contra mosquitos

A erva-gateira e a actinidiapolygama podem proteger gatos contra mosquitos, devido a um químico encontrado nas plantas, revela um estudo noticiado pelo Portal Veterinaria [1] e pelo The New York Times [2]. Ambas as plantas são conhecidas por causarem reações, como esfregadelas contra o rosto e o corpo, ronronar e salivação, [3] em gatos domésticos.

No estudo, recentemente publicado [4] na Science Advances, [4] é observado que o composto quimíco iridoide nepetalactol, encontrado nestas plantas, pode ter um efeito inseticida.

 

A reação que as plantas provocam nos gatos já era conhecida, mas a função biológica dessa reação e o mecanismo subjacente não. Dessa forma, o biólogo Masao Miyazaki da Universidade de Iwate passou 5 anos a realizar diferentes experiências usando as plantas e os seus químicos.

Neste estudo foi descoberto que o nepetalactol é o principal componente a causar a reação nos gatos e que levou ao aumento dos níveis de plasma de β-endorfina, enquanto a inibição farmacológica dos recetores μ-opióides suprimiu a resposta clássica de esfregar. É através da fricção que o composto químico é transferido para o gato, repelindo o mosquito Aedes albopictus.

 

“É uma observação muito interessante, que um comportamento tão conhecido poderia estar a ter este benefício não apreciado para os gatos”, disse Laura Duvall, investigadora da Universidade de Columbia, que não esteve envolvida no projeto, entrevistada pelo NYTIMES.

Outros trabalhos [5] já tinham apontado efeitos dissuadores de insetos. No entanto, é neste estudo que é revelada a ligação direta entre as plantas e os efeitos protetores nos gatos.

 

Apesar de reconhecer alguns benefícios medicinais, Mikel Delgado, especialista em comportamento dos gatos na Universidade da Califórnia, não recomenda o uso das plantas como repelentes naturais, em declarações ao New York Times. O especialista, que não esteve envolvido no estudo, acha necessário que sejam feitas mais pesquisas e as propriedades se tornem mais claras.