Quantcast
Animais Selvagens

Centro de Recuperação de Animais Selvagens espera por oficialização

A médica veterinária Cristina Guerreiro criou o Centro de Recuperação de Animais Selvagens (CRASS), em Sintra, em 2019. O projeto espera por oficialização da autarquia, revelou em entrevista ao Nascer do Sol. O CRASS tem como objetivo “acolher, tratar e recuperar os animais selvagens feridos encontrados no concelho de Sintra e, sempre que possível, recolocá-los no seu habitat natural”.

A profissional de 50 anos dedicou-se, este ano, a ajudar os ouriços-cacheiros a passarem um inverno mais confortável. “Deviam estar a hibernar agora e, por isso, têm de ser mantidos em sítios quentes para não morrerem de hipotermia”, explica.

Cristina investe dinheiro no seu terreno – que integra o Parque Natural de Sintra-Cascais – e não aceita donativos monetários, pedindo apenas que comprem os bens necessários, como ração. O CRASS terá capacidade para 20 a 25 animais e não possui espaço físico pronto, faltando “contruir a outra metade da quinta para receber os animais”, revela.

“Apenas peço à autarquia que considere o meu projeto de utilidade municipal. Não vou acumular animais. É claro que alguns poderão ser residentes por terem problemas de saúde, mas o objetivo primordial é ajudá-los e recolocá-los na natureza”, declarou.

A iniciativa aguarda a oficialização do processo junto do município de Sintra, mas já tem o aval do Canil Municipal da respetiva autarquia.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?