Quantcast
Animais de Produção

Carta de Sustentabilidade dos Alimentos para Animais 2030 apresentada amanhã

A Federação Europeia dos Fabricantes de Alimentos (FEFAC) vai apresentar a sua Carta de Sustentabilidade dos Alimentos para Animais 2030 no XXIX Congresso da federação, a 25 de setembro, sexta-feira, entre as 8h30 e as 10h. O documento é uma resposta dos industriais de alimentação animal aos objetivos do Pacto Ecológico Europeu, com implicações na sua atividade e na produção pecuária.

A Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais (IACA) encontra-se entre as signatárias do documento, que inclui os compromissos da indústria até 2030 e entre os quais se encontra a intenção de reduzir a pegada ambiental do setor. No total, são 16 os projetos na área da sustentabilidade que, sujeitos a relatórios de progresso anuais da FEFAC, estarão concluídos até 2030.

É no Congresso da FEFAC, sob o tema “O Roteiro para um setor da alimentação animal e da pecuária neutra em carbono”, que os industriais pretendem declarar publicamente o seu compromisso com a sustentabilidade, através da assinatura da Carta que indica o caminho a seguir, em cada país, até 2030, com vista ao cumprimento de cinco grandes ambições setoriais a nível europeu.

Na Carta de Sustentabilidade da FEFAC, a entidade assume diversos compromissos, nomeadamente, o da implementação do FeedInov – o Laboratório Colaborativo para o estudo de estratégias de alimentação inovadoras para uma produção animal sustentável – e a implementação do projeto SANAS – Segurança Alimentar e Sustentabilidade da Alimentação Animal na Região do Alentejo –, através do qual a IACA vai identificar e caracterizar matérias-primas alternativas e sustentáveis para a alimentação animal, nomeadamente de proteaginosas, como a fava, o tremoço, o grão-de-bico e a ervilha em variantes não adequadas ao consumo humano.

A FEFAC compromete-se a publicar anualmente Relatórios de Progresso da Carta de Sustentabilidade dos Alimentos para Animais, com base em indicadores de sustentabilidade do setor, para medir a forma como os seus membros estão a implementar ações, específicas e com impacto, na cadeia de fornecimento de alimentos.

O Congresso contará ainda com um debate ao vivo entre Michael Scannell (Comissão Europeia), Pekka Pesonen (COPA/COGECA), Philippe Weiler (Lidl Bélgica), Preben Sunke (Danish Crown) e Jean-François Timmers (WWF) sobre o Pacto Ecológico Europeu e as expectativas de mercado para a indústria da alimentação animal e pecuária europeias.

O XXIX Congresso da FEFAC acontece de forma digital e pode ser seguido gratuitamente, estando sujeito a inscrição aqui.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?