- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

SNMV contra o desmantelamento da DGAV

O Sindicato Nacional dos Médicos Veterinários (SNMV) anunciou, através de comunicado, estar contra o desmantelamento da DGAV e a desqualificação da profissão médico-veterinária.

Perante o anúncio realizado pela ministra da Agricultura ontem, que dá conta que a tutela da proteção e bem-estar animal dos animais de companhia, incluindo animais errantes, será retirada à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), passando para o Ministério do Ambiente e Ação Climática [1], o sindicato anuncia que se “opõe frontalmente a esta mudança, que envolve uma perda para o país e a desqualificação da profissão médico-veterinária”.

“A DGAV possui um conhecimento acumulado de décadas sobre animais de companhia, incluindo animais errantes, e animais de produção, sendo a entidade que concentra praticamente a totalidade da atividade veterinária pública, cobrindo diversas vertentes como a saúde pública ou a segurança alimentar”, justifica o sindicato em comunicado.

Para o SNMV, a DGAV tem “contribuído ativamente para melhorar as regras do bem-estar animal, bem como para defender a saúde pública”. A entidade destaca ainda as diretrizes internacionais sobre a atividade veterinária pública, afirmando que “defendem que deve haver uma concentração das competências relacionadas com todos os animais, quer de companhia, quer de produção, numa única entidade”.

“Somente um organismo unificado médico-veterinário pode assegurar a defesa da saúde pública e o contínuo melhoramento das regras e práticas de proteção e bem-estar animal, incluindo animais de companhia e animais errantes”, acrescenta o documento.

O SNMV reitera também que “não irá pactuar com a adoção de estratégias políticas precipitadas que apenas visam camuflar os verdadeiros responsáveis” e apela a que ponderem “seriamente esta alteração”.