- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

Problemas de bem-estar veterinário em África em destaque no primeiro congresso AFSCAN

A discriminação cultural ou étnica assim como os baixos níveis de salário foram alguns dos desafios abordados pelo primeiro congresso da African Small Companion Animal Network (AFSCAN [1]). O acesso restrito ao financiamento e a medicamentos importantes assim como as grandes áreas geográficas que cobrem são outros dos desafios que os médicos veterinários de animais de companhia enfrentam no continente africano [2], nota a WSAVA, em artigo do seu site [3].

A AFSCAN, uma iniciativa da WSAVA Foundation, está a promover as normas de cuidados veterinários aos animais de companhia em toda a África através da educação e do apoio à criação de uma rede sustentável de médicos veterinários, associações e grupos especializados em animais de companhia na África Subsariana.

 

“Foi uma discussão notável e mostrou uma experiência comum no que diz respeito ao bem-estar dos membros da profissão em África. É claramente um problema que afeta muitos de nós, mas simplesmente não tinha havido um fórum para discuti-lo até à mesa-redonda”, considerou o representante da Kenya Small and Companion Animal Veterinary Association (KESCAVA) na WSAVA, Derick Chibeu.

“Agora que esta questão está finalmente a ser descoberta, temos de trabalhar arduamente para encontrar soluções positivas. O PWG já está a trabalhar num conjunto de diretrizes globais da WSAVA sobre bem-estar veterinário e esperamos, como parte disso, produzir recursos e ferramentas específicos para apoiar os colegas em África, que enfrentam muitos desafios únicos”, acrescentou o também copresidente do WSAVA Professional Wellness Group.