Investigação

Antibiótico veterinário pode ajudar a reduzir infeção por coronavírus

Portugal entre os países que mais produz investigação científica

A sarafloxacina, um antibiótico veterinário, tem capacidades inibitórias de uma enzima essencial na replicação do coronavírus. A descoberta foi avançada num trabalho publicado pelo grupo de pesquisa em Quimioinformática e Nutrição da Universidade Rovira i Virgili (URV) de Tarragona, em Espanha.

O mesmo grupo já tinha identificado que dois antinflamatórios, um de uso humano e outro veterinário, inibem a enzima chave que permite a replicação e transcrição do vírus. Agora, os resultados experimentais com sarafloxacina revelaram que a sua capacidade de parar a replicação do vírus é superior em comparação com os outros dois medicamentos.

O grupo realizou uma triagem computacional para prever se os medicamentos poderiam ser utilizados para inibir a enzima M-pro e os resultados foram validados pela iniciativa Covid Moonshot, que realizou os testes in vitro e avaliou a bioatividade.