- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

Vetbus – a clínica para animais errantes sobre rodas

Acaba de celebrar um ano de atividade a prestar cuidados veterinários sobre rodas aos animais de rua em Istambul, Turquia. O projeto Vetbus, criado pelo município da cidade turca, conta com uma equipa própria de médicos veterinários, cirurgiões e auxiliares técnicos, que percorrem as 39 freguesias de Istambul em dois autocarros convertidos em clínicas móveis.

Só nos dois primeiros meses de operação, a iniciativa prestou tratamento a 280 animais errantes. Um dos autocarros percorre a parte europeia de Istambul enquanto o outro circula pela zona asiática. Porém, o tipo de tratamentos prestados é o mesmo: check-ups veterinários, vacinações, desparasitações e a colocação de microchips.

Para desempenhar as suas funções, a equipa do projeto Vetbus conta com a ajuda preciosa das redes sociais, como o Twitter e o Facebook. Segundo o site “verde” Green Media, os médicos veterinários publicam diariamente quais as zonas da cidade onde irão estar, informando os cidadãos sobre onde poderão levar animais doentes, abandonados ou perdidos para a realização de tratamentos.

“Como parte do projeto Vetbus fazemos check-ups, imunizações, desparasitações internas e externas e aplicações de microchips. Se o animal não tiver uma doença grave, proporcionamos um serviço de ambulatório”, disse a médica veterinária Nesse Toker, da Direção de Serviços Veterinários do município de Istambul, à agência noticiosa Anadolu Agency.

Quando os animais estão gravemente feridos, o Vetbus é responsável pelo serviço de transporte para os centros de tratamento do município. Os animais recolhidos são depois colocados para adoção.

Na sua conta de Twitter, os veterinários do município anunciaram a realização de mais de cinco mil cirurgias e tratamentos menos complexos, quase duas mil vacinações, mais de mil aplicações de microchip e 356 esterilizações apenas entre 5 e 18 de agosto deste ano.

Mas, segundo o jornal Daily Sabah, a iniciativa também permite que os cidadãos levem os seus animais às clínicas sobre rodas para realizarem tratamentos. Há ainda um serviço complementar, a linha de ajuda Alo 153, que responde às dúvidas que os tutores possam ter sobre cuidados veterinários – tudo ao abrigo do projeto Vetbus.

A relação da população de Istambul com os seus animais errantes é conhecida. Existem centenas de animais de rua na cidade turca, alguns dos quais já tiveram direito a estátuas. De acordo com o jornal, os municípios turcos receberam três milhões de euros do governo em 2017 para o cuidado de animais de rua, que foram alocados a esterilizações, identificações eletrónicas e a construção de centros de recolha para animais.

Em julho deste ano, a capital portuguesa de Lisboa recebeu a sua primeira ambulância de socorro animal [1], depois de cidades como Braga ou Oeiras. Foi ainda anunciado um investimento de um milhão de euros para a ampliação da Casa de Animais de Lisboa.