Empresas

Startup portuguesa concede “licença de maternidade” paga aos colaboradores que acolherem cães

Startup portuguesa concede “licença de maternidade” paga aos colaboradores que acolherem cães

A startup nacional Barkyn vai atribuir “licenças de maternidade” pagas aos colaboradores que acolherem cães. A empresa portuguesa defende que “cães são família”.

A Barkyn oferece um serviço de subscrição online exclusivamente para cães, que se traduz no envio mensal para casa dos clientes de uma caixa com cinco a sete produtos diferentes, entre snacks, brinquedos, acessórios e rações.

Startup portuguesa concede “licença de maternidade” paga aos colaboradores que acolherem cães

A empresa irá, agora, oferecer uma semana de licença de maternidade paga a todos os colaboradores que adotarem um cão, no âmbito da iniciativa ‘Barkyn Dog Parents’.

André Jordão, fundador e CEO da empresa, defende que “acolher um cão requer ajustes no dia a dia de qualquer família. Sabemos que os primeiros dias são intensos e as noites muitas vezes mal dormidas… Com a iniciativaBarkyn Dog Parents’ queremos tranquilizar as novas famílias e permitir que usufruam do novo membro em plenitude nos primeiros dias de adaptação”.

Recorde-se que a Barkyn foi criada em 2017 e, atualmente, vende cerca de 40 toneladas de comida canina por mês para vários países na Europa. Com sede no Porto, a startup conta com mais de 25 colaboradores.