Quantcast
 

Sapo descoberto em Israel é ‘fóssil vivo’

Mudanças climáticas vão levar à extinção alguns animais e plantas

Uma espécie rara de sapo recentemente descoberta em Israel, depois de ter sido declarada extinta, foi reclassificada como “fóssil vivo”.

O sapo pintado de Hula estava desaparecido há quase 60 anos, mas um exemplar da espécie voltou a ser encontrado em 2011. Os exames realizados indicaram que o sapo pertence a um grupo de anfíbios que se extinguiu há 15 mil anos.

“Foi uma grande descoberta. O sapo é como um ídolo em Israel”, disse à BBC Sarig Gafny, do Ruppin Academic Center.

 

Os investigadores referem que o sapo foi “surpreendentemente resiliente”, mas acrescentam que é muito importante agora assegurar sua sobrevivência. Levar a água de volta ao vale Hula ajudaria a assegurar um habitat adequado para a espécie.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?