- Veterinaria Atual - https://www.veterinaria-atual.pt -

Os CAMV’s em destaque em 2016

Em 2016 foram várias as clínicas e hospitais veterinários que estiveram em destaque na Veterinária Atual.

1No início do ano visitámos o Centro Veterinário de Exóticos do Porto, um projeto que Joel Ferraz abraçou há seis anos e que assume a sua maturidade no mercado a norte do país. E há de tudo. Clientes que investem para salvar a sua cobra ou o seu Gekco Leopardo. Mas também há quem ainda admita que o investimento é demasiado pesado. “Ainda se fosse no meu cão ou gato”…

2Cão de Loiça, a Clínica Veterinária da Linha assume-se como uma clínica de bairro que aposta na fidelização de clientes. Estão disponíveis para discutir o tratamento mais adequado e adaptado às possibilidades dos donos. E apesar de terem inaugurado em plena crise económica, estão satisfeitos com os resultados e a perspetiva de crescimento.

 

3Com mais de quatro anos de atividade, o GHVS tem vindo a crescer de forma saudável e sustentada, muito devido à aposta contínua em serviços diferenciadores e inovadores. Para 2016 espera-se a consolidação de tudo aquilo que tem vindo a ser implementado, nunca descurando a qualidade em prol de clientes exigentes.

4Na Clínica Veterinária Infante Santo, que já conta com quatro décadas de existência, a ideia é “funcionar quase como um médico de família”. Neste sentido prima-se por uma relação de proximidade com os clientes e por um aconselhamento sobre os cuidados a ter “à medida de cada animal”.

 

5 – Mais concorrência, mais clientes, mais formação, mas uma equipa mais pequena e uma medicina veterinária mais personalizada. Esta é a ‘nova’ realidade da Clínica Veterinária Patas e Penas, em Setúbal, seis anos depois da primeira visita da VETERINÁRIA ATUAL.

6 – Criada há um ano, startup Dr. Bigodes veio dar resposta a clientes com pouco tempo ou dificuldades de deslocação a clínicas e/ou hospitais veterinários. O projeto tem ganho forma e já fidelizou cerca de 500 clientes. Acompanhámos uma consulta ao domicílio e falámos com os responsáveis.

 

7 – Ainda são do tempo em que a medicina veterinária era uma profissão a meio tempo. Em 26 anos muito mudou e a Clínica Veterinária de Corroios adaptou-se aos novos tempos. Falámos com as sócias Elsa Figueiredo e Maria Vasconcelos, que se orgulham do seu pioneirismo em várias situações e da persistência em levar os casos até ao fim.

8 – A Vet.Point abriu as suas portas em tempo de crise e tem crescido. 
Falámos com os sócios Marco Simões e Nuno Leite, que nos revelaram que hoje um dos maiores desafios da clínica é a organização interna.

 

9No Hospital Veterinário do Oeste não há mãos a medir para o volume de trabalho. A Veterinária Atual falou com uma equipa que continua “a acreditar na Medicina Veterinária” e que gostava de trabalhar “apenas com os casos complicados”.