Animais de Companhia

Gata de quatro semanas salva graças transfusão de sangue de cão

Ellie, uma gata de apenas quatro semanas com anemia grave, foi salva por uma transfusão de sangue realizada de emergência a partir de uma cadela doadora de sangue. O caso aconteceu na clínica britânica Vets Now, em Gateshead, e o nome da “heroína” canina é Bella.

A xenotransfusão foi apenas provisória, com o objetivo de manter Ellie viva até que se encontrasse um doador felino correspondente.

Os médicos veterinários de emergência e os enfermeiros da Vets Now foram forçados a agir depois de verificarem que Ellie se apresentava sem glóbulos vermelhos e com a gengiva branca. Sem sangue felino compatível disponível, a enfermeira veterinária Helen Spry administrou a transfusão a partir do seu próprio cão, Bella, que atuou como doador de sangue.

Ellie sofria de anemia grave. Transfusões de sangue entre duas espécies não são comuns, mas se não o fizéssemos, ela teria morrido – então, não tínhamos nada a perder”, explicou Sara Jackson, líder clínica distrital da clínica Vets Now Gateshead.

Através de um apelo de uma instituição de caridade, foi depois encontrado um dador felino compatível para a pequena gata.