Médicos veterinários

FMV recebe primeiro programa de residência em medicina interna veterinária ECVIM-CA

Portugal vai receber o primeiro programa de residência em medicina interna veterinária já no início do próximo ano. O programa vai decorrer no Hospital Escolar da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa (FMV-UL) e será supervisionado pelo médico veterinário e especialista em medicina interna, Rodolfo Oliveira Leal.

“Dava-me alguma tristeza termos de sair do País para fazer uma especialidade no estrangeiro e uma das hipóteses que temos enquanto diplomados europeus é sermos supervisores do programa, contribuindo para a formação de novos especialistas. Contactei então o colégio para criar o programa em Portugal”, contou à VETERINÁRIA ATUAL Rodolfo Oliveira Leal, que é também docente na FMV.

A resposta chegou, segundo o médico veterinário, “mais rápido do que estava a contar”. No final de novembro, cerca de seis semanas depois do seu primeiro contacto, Rodolfo Oliveira Leal viu a sua proposta ser aprovada pelo European College of Veterinary Internal Medicine – ECVIM-CA. Em Portugal, o programa de residência de medicina interna vai durar quatro anos e incluirá algumas deslocações ao estrangeiro para colmatar a lacuna nacional de especialistas em algumas áreas, nomeadamente imagiologia, cardiologia, neurologia e oncologia.

Contudo, alguns estágios serão também realizados em território nacional, como o de cirurgia, que decorrerá no Centro Hospitalar Veterinário do Porto, com Carlos Adrega.

A primeira residente deste novo programa será Maria Joana Dias, que já era clínica do Hospital Escolar Veterinário da FMV-UL e assistente do serviço de Medicina Interna, liderado por Rodolfo Oliveira Leal. “Decidimos abrir o primeiro concurso internamente, mas, daqui a quatro anos, a ideia é abrir um concurso extramuros”, revelou o médico veterinário.