Medicina Veterinária

Estudantes de veterinária portugueses rumam a África para ação humanitária

Estudantes de veterinária portugueses rumam a África para ação humanitária

Os Veterinários Sem Fronteiras (VSF) Portugal, ONGD, rumaram a África com três estudantes de Medicina Veterinária portugueses com o objetivo de prestar assistência aos médicos veterinários de vários países do Continente africano.

Financiados pela Australian Aid e com a colaboração da Direção da Pecuária de São Tomé, os estudantes de medicina veterinária nacionais começaram a sua missão em São Tomé e Príncipe, prestando auxílio na esterilização de cerca de 110 cães e no tratamento de doenças como a sarna.

Até ao próximo dia 26 de abril, os estudantes portugueses, em parceria com a associação sem fins lucrativos cabo-verdiana Bons amigos, irão viajar para a Ilha de Santiago, em Cabo Verde, para prestar assistência aos profissionais que lá exercem a sua profissão.

A Veterinários Sem Fronteiras foi criada com o objetivo de prestar apoio veterinário às populações dos países em situação de vulnerabilidade económico-financeira. Para além disso, a organização tem como missão apoiar projetos de formação, investigação e partilha de conhecimentos técnicos nas áreas de produção, saúde e bem-estar animal, medicina preventiva e saúde pública veterinária.