Comportamento

Descoberta origem de problemas de comportamento em animais idosos

Descoberta origem de problemas de comportamento em animais idosos

Os animais em idade mais avançada desenvolvem muitas vezes hábitos comportamentais considerados estranhos. Esses comportamentos podem dever-se à síndrome de disfunção cognitiva, patologia que leva à degeneração do cérebro em certas idades.

De acordo com um estudo espanhol, a síndrome de disfunção cognitiva afeta 22,5% dos cães com mais de 9 anos de idade, podendo afetar também gatos. Segundo os investigadores que se têm debruçado sobre este problema, as causas para o desenvolvimento do transtorno são várias e podem servir de modelo para o estudo do Alzheimer em humanos.

Entre as causas mais apontadas estão a acumulação de ‘ß-amiloide’ no cérebro, o aumento de radicais livres que produzem danos oxidativos, com a consequente morte de neurónios e as mudanças na expressão de alguns genes.

O diagnóstico da doença é ainda muito limitado devido à falta de ferramentas que permitam detetar a doença precocemente e à difícil deteção dos sintomas, por isso é necessário que se realizem check-ups geriátricos frequentes de forma a detetar sintomas da doença.

Entre os sintomas mais comuns estão alterações do ciclo do sono, mudanças nas interações sociais com os donos ou outros animais, perda de alguns hábitos de higiene adquiridos há muito tempo, desorientação e desconhecimento de lugares comuns na sua vida.