Animais de companhia

CAMV’s de Bragança sensibilizam crianças para cuidados a ter com animais

Quatro CAMV’s de Bragança – Vetsantiago, Novavet, Vetcenter e Vet Vale d’Álvaro – em colaboração com a Associação Amica – Amicus Canis, a Câmara Municipal de Bragança e o Instituto Politécnico de Bragança, têm estado a promover durante o mês de outubro várias sessões de sensibilização para crianças do 4º ano do ensino básico.

Segundo Duarte Diz Lopes, da Vetsantiago, esta colaboração interinstitucional possibilitou já este ano a realização “de mais de 30 esterilizações de animais abandonados com destino à adoção. Considerou-se também que era importante começar por sensibilizar a comunidade escolar mais jovem do concelho e, nesse sentido, desenhou-se um projeto destinado aos alunos do 4º ano de escolaridade”.

Subordinadas ao tema “Cuidar dos animais e prevenir o abandono”, as sessões de sensibilização são ministradas por médicos veterinários e pretendem ensinar às crianças da comunidade escolar da região que cuidados básicos devem ter com os animais de companhia, abordando também as temáticas da prevenção do abandono e da importância da adoção e da esterilização de animais.

“Queremos sensibilizar as crianças para os cuidados básicos com os animais de companhia, para uma detenção responsável dos menos e para a consequente prevenção do abandono”, explica Duarte Diz Lopes, que sublinha que a reação dos mais novos tem sido muito boa. “Neste escalão etário, as crianças estão muito disponíveis para receber informação sobre animais e replicá-la em casa junto dos familiares e amigos”.

Esta também é uma forma de dar a conhecer o trabalho dos médicos veterinários junto dos mais novos e na visão de Duarte Diz Lopes “valorizam a importância dos animais na sociedade atual”. Até ao final do ano estão previstas 17 sessões formativas que vão abranger mais de 350 alunos do 4º ano de escolaridade.

Apesar do mês de outubro ter sido escolhido para organizar as ações de sensibilização, porque nele se comemora o Dia do Animal, já estão a ser considerados outros temas para um futuro próximo, “nomeadamente a sensibilização para a prevenção das mordeduras”.