Eventos

A sustentabilidade da produção animal vai estar em debate nas XII Jornadas Pecuárias Muralha de Évora

A um mês do início da 12.ª edição das Jornadas Pecuárias Muralha de Évora, que vão decorrer a 6 e 7 de março, a organização faz um resumo do programa deste evento, do qual a VETERINÁRIA ATUAL é parceira de media.

As Jornadas do Hospital Veterinário Muralha de Évora são o congresso com maior expressão em Portugal na área dos bovinos de carne e equinos. Destinam-se a médicos veterinários, produtores pecuários, proprietários e criadores de equinos, estudantes e enfermeiros veterinários, gestores agropecuários e equitadores. No ano anterior contámos com cerca de 700 participantes – congresso com lotação esgotada.

“Produção pecuária extensiva – sustentáveis somos nós” é o tema central das Jornadas Pecuárias que decorrerão em Évora nos dias 6 e 7 de março de 2020. Durante dois dias estarão em debate assuntos como a biossegurança, bem-estar animal, tecnologia, resistência aos antibióticos, biodiversidade, proteção dos ecossistemas, o verdadeiro impacto ambiental da produção animal, entre outros.

No primeiro dia de Jornadas, 6 de março, haverá três salas a decorrer em simultâneo: Sala de Ruminantes, Sala de Equinos e Sala de Comunicações Livres.

  1. Sala Ruminantes – Produção animal – sustentáveis somos nós. Este ano um dos nossos principais objetivos é mostrar que a produção pecuária extensiva é sustentável. Vamos desmistificar a ideia de que a produção extensiva de ruminantes é prejudicial, comprovando com dados científicos qual o verdadeiro impacto ambiental deste tipo de produção. Contamos com oradores de renome com ligação a diversas entidades, públicas e privadas, que irão abordar o tema central das Jornadas em quatro blocos: produtividade, biossegurança, tecnologia e estratégia. Este ano foram ainda convidados cerca de uma dezena de centros de investigação e universidades para apresentarem resultados de projetos de investigação. Os projetos selecionados para divulgação nas Jornadas darão a conhecer algumas soluções inovadoras com aplicação prática nas explorações. O primeiro dia irá culminar com uma mesa-redonda sobre a sustentabilidade da produção pecuária, na qual contamos com a presença dos professores doutores Eduardo Oliveira e Sousa (presidente da CAP), João Joanaz de Mello (presidente da GEOTA), Cláudia Marques dos Santos Cordovil (investigadora) e com a doutora Teresa de Herédia (nutricionista). A moderação estará a cargo do jornalista Nicolau Santos (agência Lusa).
  2. Sala Equinos – Na sala de equinos o assunto em destaque será o bem-estar. Queremos dar a conhecer as vertentes comportamentais veterinárias e desportivas, da teoria à prática. Temos vários oradores confirmados, entre os quais o professor doutor Luís Lamas da FMV-UL, o doutor João Paulo Marques, o doutor Alfonso Aguilar e o professor doutor Luis Martins.
  3. Sala de Comunicações Livres: decorre um concurso de pósteres científicos, em que os vários resumos submetidos podem ser apresentados sob a forma de póster ou comunicação livre.

No segundo dia de Jornadas, dia 7 de março, decorrerão sessões teóricas (seminários) e workshops em simultâneo:

  1. Seminário pequenos ruminantes: “Inovar na tradição”. Foi uma aposta da organização dedicar um dia das Jornadas aos pequenos ruminantes. Entre vários oradores de renome nacional e internacional, teremos connosco o professor doutor Juan Vicente Bermejo, da Universidade de Córdoba, uma pessoa com larga experiência em conservação e melhoramento genético e também o professor doutor Telmo Nunes para nos falar de biossegurança na área dos pequenos ruminantes. Temos como parceiros neste seminário várias associações de ovinos e caprinos locais.
  2. Seminário animais companhia – Estratégias de antibioterapia: Este seminário é uma das grandes novidades das Jornadas de 2020, destinando-se a médicos e enfermeiros veterinários.  Já que o tema central é a sustentabilidade, faz todo o sentido incluir a temática das resistências aos antibióticos, estratégias de atuação, e guidelines. Cada vez mais, na clínica do dia a dia, sentimos a problemática das infeções resistentes, daí que seja urgente sensibilizar e orientar os colegas por forma a fazermos uma antibioterapia cada vez direcionada e assertiva.
  3. Workshops:workshops diferenciados para médicos veterinários, produtores pecuários e criadores de cavalos.
  1. Workshops ruminantes: Na área dos ruminantes podemos destacar o workshop “A magia da carne de qualidade”, com a presença do italiano Dario Cecchini, gerente de uma cadeia de talhos italianos e mais conhecido como o “talhante mais famoso do mundo”. Este será um workshop pré-Jornadas (dia 5 de março), organizado em parceria com um dos nossos principais parceiros. Haverá também workshops sobre boas práticas no maneio de vitelos, gestão pecuária e biossegurança em explorações de bovinos de carne em extensivo.
  2. Workshops equinos: Na área dos equinos irá realizar-se um workshop teórico-prático para médicos veterinários sobre técnicas de reabilitação, que terá como oradores o doutor João Paulo Marques e a doutora Luna Gutiérrez, no qual se abordarão técnicas para recuperação de lesões do aparelho locomotor. Para o público em geral, o doutor Alfonso Aguilar e Arien Aguilar irão falar-nos sobre diferentes embocaduras e bitless, como funcionam e como selecionar o melhor.

Mais informações em https://www.hvetmuralha.pt/evento/xii-jornadas