Investigação

Vírus mortal em esquilos identificado em Portugal

Vírus mortal em esquilos identificado em Portugal

Há um vírus mortal que está a afetar os esquilos-vermelhos, Sciurus vulgaris, em Portugal, anunciou uma equipa de cientistas do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CibioInBio), da Universidade do Porto.

O estudo da equipa, intitulado Adenovirus emergence in a red squirrel (Sciurus vulgaris) in Iberian Peninsula e publicado na revista Transboundary and Emerging Diseases, identificou, pela primeira vez, um adenovírus (AdV)  num esquilo-vermelho no centro de Portugal. Os AdV são agentes patogénicos capazes de infetar animais e seres humanos, conduzindo a um vasto espetro de doenças e com uma disseminação geográfica generalizada.

A análise filogenética realizada pela equipa mostrou que as sequências obtidas para o hexão e os genes de base penton eram semelhantes à estirpe AdV do esquilo-vermelho da Coreia do Sul e eram fortemente divergentes das estirpes presentes nos esquilos-vermelhos na Europa.

Os resultados apontam assim para o aparecimento de uma nova estirpe que circula na Europa e que levanta preocupações em relação à conservação do esquilo-vermelho, que se tinha extinguido em Portugal no século XVI, devido à destruição dos habitats florestais, e que tem sido reintroduzido desde 1980.