Quantcast
Investigação

Relatório da OMS aponta animais como hipótese mais provável de origem da covid-19

Relatório da OMS aponta animais como hipótese mais provável de origem da covid-19

Uma versão preliminar do relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) na China coloca como hipótese mais provável para a origem do vírus da covid-19 a transmissão entre animais, começando por morcegos e circulando entre outros até chegar aos humanos. A notícia foi avançada pela Associated Press (AP), que teve acesso ao documento, e divulgada pelo jornal Expresso.

A possibilidade de um vírus que tenha “escapado” de um laboratório chinês, parece definitivamente posta de parte, segundo o que avança a AP.

Segundo a fonte da AP, os cientistas identificaram quatro possíveis cenários para o nascimento do vírus e o primeiro é a transmissão através de um segundo animal: a covid-19 terá tido origem em morcegos, que o passaram a uma outra espécie que, por sua vez, fez chegar aos humanos.

Os morcegos não são os únicos animais referidos no relatório. Pangolins, visons e gatos, todos vulneráveis à covid-19, são tidos como possíveis portadores da doença.

A AP diz que sobre o início da pandemia num mercado em Wuhan não há conclusões definitivas, até porque existem relatos credíveis de outros casos, noutros pontos do país, antes desses. O relatório agora avançado é baseado na visita dos peritos da OMS à China.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?