Quantcast
Médicos Veterinários

OMS está à procura de especialistas veterinários para grupo sobre doenças emergentes

OMS - grupo- doenças emergentes- doenças

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu um convite aberto para peritos para o seu novo  Scientific Advisory Group for the Origins of Novel Pathogens (SAGO), que pretende aconselhar a organização sobre a origem de agentes patogénicos emergentes e o seu ressurgimento com potencial epidémico e pandemia, avança o Animals Health.

Este grupo vai também orientar a OMS nos próximos passos para compreender as origens do Sars-CoV-2. A entidade nota que tem havido um número crescente de agentes patogénicos emergentes e a ressurgir nos últimos anos que representam uma grande ameaça, como o Sars-CoV, a Ébola ou a gripe aviária.

A organização afirma ainda que “desde o Sars-CoV-2, que continua a causar estragos em todo o mundo, até à próxima ‘Doença X’, este quadro global para estudar o aparecimento de novos agentes patogénicos altamente perigosos e conhecidos deve ser abrangente e coordenado com base numa abordagem One Health.

Nesse sentido o SAGO pretende ser multidisciplinar, com membros que possuam uma variedade de conhecimentos técnicos, experiência de campo e competências relevantes contra agentes patogénicos emergentes e ressurgindo.  O número escolhido de especialistas será de 25, e entre as disciplinas destacadas está a medicina veterinária.

Recorde-se que grande parte da ameaça de doenças emergentes tem uma origem zoonótica. De acordo com a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês), estima-se atualmente que 60% das doenças infeciosas que afetam o homem são zoonóticas e 75% dos agentes patogénicos das doenças infeciosas emergentes dos seres humanos são de origem animal.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?