Quantcast
Animais de Companhia

MSD Animal Health alerta para a presença de ‘Toxocara spp’ nos jardins e parques infantis

MSD Animal Health alerta para a presença de Toxocara nos jardins e parques infantis

A MSD Animal Health — unidade de negócio de saúde animal global da MSD — iniciou uma campanha de sensibilização para o perigo da Toxocara spp (ou Toxocarose), uma doença parasitária zoonótica transmitida de animais de companhia para humanos.

“Com o desconfinamento a começar, serão muitas as famílias a recorrer a parques infantis e jardins públicos para desfrutar do bom tempo que se avizinha, pelo que se torna mais premente do que nunca alertar para esta situação potencialmente perigosa”, sublinha a responsável da unidade de animais de companhia da MSD Animal Health em Portugal, Graça Palma.

Presença em Portugal

Em comunicado, a empresa recorda que a Toxocara spp é desconhecida para grande parte da população portuguesa, apesar de ser uma das zoonoses mais infeciosas que existem neste momento. “É muito difundida em Portugal, surgindo tanto em espécies selvagens, como em animais rurais e ainda em cães e gatos urbanos”, nota a MSD Animal Health.

A empresa faz referência a um estudo1 financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), que revelou que, em Lisboa, 85,7% das caixas de areia dos parques infantis e 50% dos jardins públicos estavam contaminados com ovos de Toxocara spp.

Medidas a adotar

Na opinião da responsável do departamento científico de animais de companhia da MSD Animal Health em Portugal, Inês Barbosa, “este e outros estudos vêm mostrar que há uma forte necessidade de implementar medidas eficazes, como redução de animais vadios, a recolha fecal ativa por parte dos tutores de animais de estimação, anti-helmíntico regular e estratégias de controlo para diminuir o elevado risco para a saúde humana e animal”.

A MSD Animal Health enfatiza a “necessidade de adoção de estratégias eficazes para prevenir infeções humanas, como impedir que animais de estimação e principalmente animais vadios acedam às áreas de recreação infantil, substituir regularmente as areias ou esterilizá-las, ou até mesmo eliminar todos as caixas de areia das áreas públicas”.

Além disso, a MSD Animal Health defende que a educação em saúde e o desincentivo à geofagia (ingestão de terra e areia) em crianças são peças fundamentais desta estratégia de combate à Toxocarose.

1 – Otero D, Alho AM, Nijsse R, Roelfsema J, Overgaauw P, Madeira de Carvalho L. Environmental contamination with Toxocara spp. eggs in public parks and playground sandpits of Greater Lisbon, Portugal. Journal of infection and public health. 2018;11(1):94–8 https://doi.org/10.1016/j.jiph.2017.05.002

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?