Quantcast
Empresas

Medicamentos veterinários genéricos estão a aumentar importância na Europa

medicamentos veterinários genéricos

As empresas de medicamentos veterinários genéricos estão a liderar no campo das novas autorizações de marketing e de todas as autorizações na União Europeia (UE) , revela um estudo sobre o mercado europeu entre 2017 e 2019 encomendado pelo European Group for Generic Veterinary Products (EGGVP) e feito pela empresa de pesquisa Kynetec, com o apoio dos membros do grupo.

Em comunicado, o EGGVP revela que as indústrias de genéricos são responsáveis por 60% das novas autorizações de marketing e apresentam mais de metade de todas as autorizações na União Europeia.

“As empresas genéricas estão a tornar-se cada vez mais importantes no mercado europeu de medicamentos veterinários. O aumento das autorizações para uma vasta gama de espécies e em todos os países da UE prova que os genéricos têm um impacto positivo direto na disponibilidade de medicamentos e no acesso à saúde animal e aos tratamentos na Europa”, afirma o responsável pelo estudo de mercado, Marc Cayol.

O estudo revelou ainda que os registos de antibióticos diminuíram significativamente, enquanto os registos de antiparasitários e outros grupos terapêuticos que abrangem uma maior variedade de tratamentos aumentaram. A percentagem de novas autorizações para animais de companhia e espécies menores aumentou em detrimento dos produtos destinados aos animais de produção. No que diz respeito aos tipos de procedimentos, a percentagem de novos registos híbridos aumentou notavelmente.

“O aumento dos registos híbridos reflete o interesse das empresas genéricas em I&D e o seu objetivo de desenvolver produtos mais aptos para o efeito para o animal e mais fáceis para um veterinário ou um titular a administrar. Vemos também a tendência geral de crescimento dos animais de companhia e o aumento do interesse pela sua saúde e bem-estar”, nota a presidente do EGGVP, Dolores Cainzos.

Na Europa, em 2019, existiam 197 empresas de medicamentos veterinários genéricos, sendo responsáveis por 1/3 de todo o mercado de saúde animal europeu. Em Portugal, entre 2016 e 2019 o número de empresas baseadas no País cresceu de duas para três.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?