Quantcast
Médicos Veterinários

FVE e FECAVA juntam-se em campanha contra proibição de antimicrobianos autorizados

A FECAVA e a FVE juntaram-se numa campanha contra o novo regulamento de medicina veterinária que vai ser votada no Parlamento Europeu. 

A Federation of European Companion Animal Veterinary Associations (FECAVA) e a Federação de Veterinários da Europa (FVE) juntaram-se numa campanha contra o novo regulamento de medicina veterinária que vai ser votada no Parlamento Europeu.

Em artigo do site, a FVE explica que o novo regulamento permite a reserva de antimicrobianos específicos apenas para uso humano, o que, no seu entender, “estes antimicrobianos serão então completamente proibidos para utilização em animais, sem exceções para o tratamento individual ou entre animais de companhia e animais de produção”. “Isto colocaria em grande parte em perigo a saúde animal, o bem-estar e até a saúde pública”, defende.

Dessa maneira, a federação está a pedir aos membros do Parlamento Europeu para votarem contra a moção apresentada. A FVE revela ainda que mais de 230 mil médicos veterinários e titulares de animais já assinaram uma petição alemã contra a proposta. Também na Bélgica está em curso uma petição.

“Qualquer reserva deve ser feita numa abordagem científica baseada na One Health. Os animais também merecem tratamento”, conclui a FVE.

Este site oferece conteúdo especializado. É profissional de saúde animal?