Animais de estimação

Doença desconhecida mata cães na Noruega

Causa vómitos e diarreia e já matou pelo menos 25 cães nas últimas semanas – há uma doença misteriosa que está a afetar os animais de estimação em várias zonas da Noruega e as autoridades locais já pediram aos tutores para manterem os seus cães presos pela trela e para evitarem o seu contacto com outros animais até se descobrirem as causas desta condição desconhecida.

Citado pelo jornal britânico The Guardian, Jorun Jarp, diretor de segurança e emergência do Instituto Veterinário da Noruega, disse que era “naturalmente alarmante ver cães saudáveis a morrer tão rapidamente”. E acrescentou: “Esta é uma situação muito especial; nunca estive perante algo semelhante.”

Dez cães adoeceram só no passado fim de semana, quatro dos quais morreram entretanto. A maioria dos casos ocorreram na capital norueguesa de Oslo, mas a doença já foi detetada em 14 das 18 regiões administrativas do país, que tem uma população canina estimada entre 500 mil a 600 mil animais.

O misterioso surto levou mesmo as autoridades a cancelar todas as exposições e concursos caninos este fim de semana.

As autoridades já excluíram hipóteses como a infeção por salmonelas, consumo de veneno para ratos ou de ração contaminada. Os veterinários estão a “investigar possíveis vírus, bactérias, fungos ou parasitas”, disse Jorun Jarp, já que as autópsias realizadas pelo instituto revelaram a presença de duas bactérias em “quantidades anormalmente grandes”.

Os cães que adoeceram e morreram vieram “de vários sítios do país, e têm bebido e comido coisas diferentes”, disse Hannah Jørgensen, uma patologista veterinária do mesmo instituto. “De momento, não temos resultados claros e, por isso, nenhuma conclusão firme.”