Resistência aos antibióticos

OMS pede fim de antibióticos na produção animal

OMS pede fim de antibióticos na produção animal

A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou recentemente um conjunto de diretrizes para a utilização de antibióticos na produção de animais. De acordo com a OMS, a indústria alimentar e os produtores de animais devem parar de utilizar antibióticos que promovam o crescimento.

A organização quer uma redução na utilização de todas as classes de antibióticos na produção de animais para consumo humano. Além disso, pede uma restrição completa de todos os antibióticos que promovam o crescimento e usados para a prevenção de doenças em animais sem qualquer tipo de diagnóstico.

As diretrizes defendem que os animais saudáveis devem receber antibióticos para prevenir doenças apenas se outros animais da mesma exploração tiverem sido diagnosticados com a patologia.

O objetivo destas medidas é, em última instância, melhorar a eficácia dos antibióticos na saúde humana. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, refere que “a falta de antibióticos eficazes é um problema tão sério como uma ameaça de segurança e como uma epidemia repentina e mortal. Uma ação forte e sustentada em todos os setores é vital se queremos dar a volta à resistência aos antibióticos e manter o mundo seguro”.

Campanha contra o uso de antibióticos

No próximo dia 18 de novembro assinala-se o European Antibiotic Awareness Day (EAAD), uma campanha conjunta de vários países europeus para alertar para a problemática.

Veja o vídeo: