Responsabilidade Social

Mar Shopping vai oferecer sessões de terapia assistida com cavalos a crianças e jovens com deficiência

Mar Shopping vai oferecer sessões de terapia assistida com cavalos a crianças e jovens com deficiência

Entre os dias 4 de novembro e 6 de janeiro, o Mar Shopping de Matosinhos vai contar com uma minipista de gelo e um carrossel cujas entradas, com o custo de um euro, revertem a favor da AEPM – Associação Equiterapêutica de Porto e Matosinhos, que irá oferecer sessões de terapia assistida por cavalos a crianças e jovens com deficiência.

Esta iniciativa está enquadrada nas ações de responsabilidade social que aquele centro comercial promove anualmente durante a época natalícia para apoiar as instituições locais. Na edição deste ano, a associação beneficiária será a Associação Equiterapêutica de Porto e Matosinhos, que através de terapia assistida com cavalos apoia crianças e jovens com deficiência ou algum tipo de incapacidade.

Fundada há nove anos, a AEPM atua em quatro valências a nível terapêutico – psicoterapia; hipoterapia; equitação terapêutica e equitação desportiva adaptada.  Com o valor angariado pelo Mar Shopping de Matosinhos, a organização pretende apoiar, ao longo de um ano, um grupo de crianças ou jovens com deficiência ou incapacidade provenientes de uma instituição.

Um artigo científico, intitulado Horses Helping Children Grow, publicado em outubro de 2017, no Journal of Instructional Pedagogies, aponta os benefícios das atividades assistidas por cavalos na diabetes infantil, no desenvolvimento cognitivo das crianças, na aquisição de competências, na autoestima e na ansiedade. Já o artigo Equine Assisted Activities and Therapies in Children with Autism Spectrum Disorder: A Systematic Review and a Meta-Analysis, da Pozman University of Medical Sciences, na Polónia, revela que “a grande maioria de relatórios disponíveis demonstraram a elevada eficácia da EAAT [sigla em inglês para Atividades e Terapias Assistidas por Cavalos], sobretudo no aumento de capacidade de sociabilização”.