Animais de produção

Focos de PSA aproximam-se da fronteira alemã

Há mais motivos para preocupação em relação à peste suína africana (PSA). Os últimos focos da doença foram detetados na Polónia, a apenas 80 quilómetros da fronteira com a Alemanha, anunciou ontem o Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação espanhol.

De acordo com a entidade espanhola, os Serviços Veterinários Oficiais da Polónia detetaram, nos dias 15 e 18 de novembro, dois focos de PSA em javalis. O primeiro caso havia sido identificado no dia 4 de novembro, na região de Lubuskie, no cadáver de uma fêmea de 40 quilos, pelo que, segundo o ministério espanhol, os novos focos representam “um importante salto de longa distância da doença na direção oeste para a fronteira com a Alemanha”, citou o portal Animal’s Health.

Na Europa, já foram detetados surtos de PSA em países como a Itália, Polónia, Bélgica, Letónia, Moldávia, Bulgária, Roménia e Rússia, num total de 11 países europeus.