animais

São menos de 50 os restaurantes que permitem a entrada de animais

São menos de 50 os restaurantes que permitem a entrada de animais

A lei que permite que os animais de companhia entrem em restaurantes e outros estabelecimentos comerciais entrou em vigor no passado mês de junho, mas um mês depois, são menos de 50 os restaurantes que já permitem a entrada de animais.

De acordo com o Diário de Notícias, a ASAE já está no terreno a certificar estes espaços, mas os pedidos de inspeção para a conceção de dísticos são ainda poucos. Dos cerca de 50 restaurantes e cafés que já permitem a entrada de animais de companhia, 25 estão localizados em Lisboa e são, em alguns casos, restaurantes vegetarianos.

Pedro Portugal Gaspar, inspetor-geral da ASAE, diz em declarações ao Diário de Notícias que “o facto de a AHRESP, que é a maior organização do setor, ter desaconselhado os cafés e restaurantes a adotarem esta nova possibilidade ajudou a que ela não tivesse grande adesão”.

Em fevereiro, a associação que representa as empresas de restauração e da hotelaria defendeu que a lei tem várias “incongruências e poderá comprometer a saúde pública.

Para Filomena Diegues, da AHRESP, “o novo projeto-lei deveria ser devidamente pensado e refletido em conjunto com aqueles que são os seus destinatários, como é o caso dos restaurantes (…) Os animais têm um carácter irracional e imprevisível que pode comprometer a segurança dos clientes e colocar em causa a higiene dos estabelecimentos.”