Bem-estar animal

Partidos britânicos unem-se para criar políticas de defesa do bem-estar felino

Partidos britânicos unem-se para criar políticas de defesa do bem-estar felino

Foi criado no Reino Unido um grupo parlamentar que une todos os partidos representados no Parlamento com o objetivo de defender o bem-estar dos felinos e criar políticas que reforcem os mecanismos de proteção dos gatos e dos seus detentores.

O grupo ‘APPG on Cats’ (APGOCATS), que incluirá também organizações não-governamentais e de defesa dos animais, pretende colocar em debate vários temas relacionados com a saúde destes animais e ao mesmo tempo colocar em cima da mesa questões que impactam a sociedade, nomeadamente a importância destes animais no combate à solidão.

Uma das questões que deverá ser endereçada de forma prioritária por este grupo prende-se com o facto de, no Reino Unido, os gatos não estarem protegidos pelas mesmas leis que os cães. Por exemplo, se um gato estiver envolvido num acidente rodoviário, os condutores não têm que o reportar às autoridades. No caso dos cães é obrigatório reportar às autoridades britânicas.

Jacqui Cuff, Cats Protection’s Head of Advocacy and Government Relations, citada pela imprensa britânica, defende que “os gatos são um dos animais de companhia mais populares no Reino Unido e o seu bem-estar é de enorme importância para milhões de donos. Contudo, apesar da sua popularidade, os gatos muitas vezes sofrem com a inexistência de legislação específica que os proteja”.

Maria Caulfield, Chair deste grupo de trabalho, sublinha que está “muito satisfeita por ter sido eleita Chair de um grupo que reconhece o importante papel que os gatos desempenham na vida de muitas pessoas e que irá trabalhar para proteger as necessidades dos gatos e dos seus donos”.