Médicos Veterinários

OMV quer veterinários integrados na proteção civil

OMV quer veterinários integrados na proteção civil

A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) revelou na passada sexta-feira (16 de fevereiro) que está a desenvolver um projeto que prevê a inclusão de médicos veterinários na Proteção Civil. De acordo com a OMV existe já um pré-acordo com o Governo, que está recetivo à ideia.

Em declarações à Lusa, Jorge Cid, bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, revelou que “estamos a elaborar um projeto, de acordo com a realidade do país, para também estarmos presentes na Proteção Civil. Percebemos que a prioridade são as pessoas e não se pode estar a tirar meios alocados à ajuda às populações, mas, paralelamente, as coisas podem fazer-se simultaneamente.”

De acordo com o bastonário, tanto o ministro da Agricultura como o ministro da Administração Interna mostraram “bastante abertura” para que esta proposta receba luz verde. “Houve bastante abertura [ministro da Agricultura e da Administração Interna]. Considerou-se que era essencial e temos esperança que seja uma realidade”, sublinhou o bastonário da OMV.

Esta sugestão surge depois de no ano passado os incêndios do país terem vitimado milhares de animais.  Segundo Jorge Cid, em caso de catástrofe, “não há plano rigorosamente nenhum no país [para os animais]”.

Ainda assim, a OMV tem-se mostrado sempre muito rápida a responder a estas situações. Em 2017, depois dos incêndios de junho, que fizeram 64 vítimas mortais, a OMV disponibilizou medicamentos e alimentos para os animais afetados, assim como meios humanos.