Medicina Veterinária

OMV apela à adesão dos municípios ao cheque veterinário

OMV apela à adesão dos municípios ao cheque veterinário

O Conselho Regional do Centro da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) esteve recentemente reunido para debater o Programa Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco, conhecido como Cheque Veterinário.

De acordo com o regional Diário das Beiras, durante o evento os responsáveis da OMV apelaram à adesão deste programa por parte dos municípios, alguns dos quais não possuem sequer Centros de Recolha Oficial (CRO) nem médico veterinário municipal, tendo que recorrer à contratação de veterinários.

Citado pelo Diário das Beiras, Pedro Fabrica, do Conselho Diretivo da OMV, sublinha que o programa do Cheque Veterinário foi criado pela OMV com base na legislação existente e inclui “a criação de uma rede de Centros de Recolha Oficial, dando cumprimento à proibição do abate de animais errantes como forma de controlo da população e ainda promover uma aproximação aos médicos veterinários”.

A Câmara Municipal de Ílhavo foi uma das que já assinou, este ano, protocolo com a Ordem dos Médicos Veterinários para o desenvolvimento do Programa Nacional de Apoio à Saúde Veterinária para Animais de Companhia em Risco (Cheque Veterinário) naquele concelho.

Além de promoção de políticas de saúde animal, o programa Cheque Veterinário foca-se na criação de campanhas de promoção de bem-estar animal, na prevenção do abandono e no controlo da população de animais errantes.