Médicos Veterinários

OMV alerta para casos de falsos veterinários

OMV alerta para casos de falsos veterinários

A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) alertou esta semana para o aumento dos casos de falsos profissionais de medicina veterinária que tratam animais sem terem habilitações.  De acordo com o bastonário da OMV, Jorge Cid, só este ano já chegaram à ordem mais de uma dezena de queixas de falsos veterinários.

A Ordem dos Médicos Veterinários já apresentou entretanto ao Ministério Público casos de falsificação de vinhetas de médicos veterinários e de crimes de usurpação de funções, mas até agora só houve uma condenação. Jorge Cid explica que existem casos de animais “encharcados em antibióticos” e que esta deve ser encarada como “uma luta de todos em prol da saúde pública”.

Segundo Jorge Cid, “é preciso alertar a população em geral para que qualquer tratamento, qualquer vacina, qualquer atestado passado por um médico veterinário tem de ter uma vinheta, que é emitida pela Ordem.”

“Com estes falsos médicos veterinários está a ser posto em causa o respeito pela vida animal, a saúde do animal e, acima de tudo, a saúde pública”, acrescenta.