Animais Exóticos

DGAV emite esclarecimento sobre doenças transmitidas por roedores

DGAV emite esclarecimento sobre doenças transmitidas por roedores

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) emitiu um comunicado em que esclarece que “nenhuma das doenças transmitidas dos roedores para os humanos provoca diarreia e vómitos nas pessoas atingidas”.

Este esclarecimento surge na sequência da publicação de várias notícias que dão conta da ocorrência da morte de uma criança no concelho da Maia, cuja origem tem sido atribuída a contágio a partir de um hamster, animal de companhia na família da vítima.

De acordo com a DGAV, “não há qualquer evidência de que o foco de contágio tenha sido o animal de estimação”.

“No caso da Maia, a infeção terá sido contraída a partir de uma fonte alimentar, tendo já sido identificada pela Autoridade de Saúde a bactéria que causou a doença (Escherichia coli)”, conclui a DGAV.