Medicina Veterinária

A curiosidade salvou o gato: Royal Canin quer promover visitas regulares ao veterinário

A curiosidade salvou o gato: Royal Canin quer promover visitas regulares ao veterinário

A Royal Canin acaba de lançar uma campanha de comunicação que pretende sensibilizar o público em geral para a importância de levar os gatos de forma regular ao médico veterinário. Sob o mote ‘A Curiosidade salvou o gato’, a campanha da marca vai decorrer até ao final de outubro e vai apoiar a Associação Animais de Rua.

A campanha desafia as pessoas a partilharem no Instagram uma selfie com o filtro de ‘gato’ e a publicá-la nos seus perfis utilizando a hashtag #Cat2Vet. Por cada fotografia partilhada até 15 de novembro, a Royal Canin irá doar uma refeição para gatos à associação Animais de Rua.

Marta Bigio, Communications Director da Royal Canin Iberia, refere que “os gatos são animais inteligentes e que conseguem muitas vezes passar despercebidos. Apesar de existirem cerca de 1,5 milhões de gatos nos lares portugueses, há muitos tutores de gatos que não se apercebem da importância dos cuidados de saúde. Mais de metade das famílias portuguesas levam apenas uma vez os gatos ao veterinário e muitas vezes ficam surpreendidas com a necessidade da monitorização regular da sua saúde.”

“Em conjunto com os nossos parceiros, queremos alertar as pessoas para a importância destes cuidados, acima de tudo preventivos, como forma de garantir uma melhor qualidade de vida e a longevidade dos seus gatos. Esta campanha visa precisamente incentivar os tutores de gatos a agendarem uma consulta no seu médico veterinário”, acrescenta.

Maria Pinto Teixeira, Presidente da Associação Animais de Rua, sublinha que “trabalhamos todos os dias para ajudar muitos milhares de animais que se encontram nas ruas, sem acesso aos cuidados básicos, alimentação suficiente, abrigo ou conforto. Por este motivo, é com muita honra que nos associamos a esta campanha da Royal Canin e apelamos à participação de todos”.